quinta-feira, 2 de abril de 2015

Lamentos de um morto apaixonado

Mandei uma fita pra você
pequena que ouviu e chorou
ficou com medo e correu
se desesperou
resolvi não perturbar.

Anos depois tentei me reaproximar
mas você ainda tinha medo
resolvi então parar e ver você crescer
ter paixões
deitar lágrimas de novo aprender.

Quando senti que você estava
numa gira de umbanda
emocionada e finalmente pronta
chegou minha hora
de reencarnar.

Era isso
ou ficar para sempre
a espera de alguém
que talvez nunca entendesse
o que define amor na ausência.

Ellen Maria

2 comentários:

  1. Ahh nunca é um tempo muito longo. Enfim se não venceu o medo ao menos esta mais preparada para enfrentá-lo

    ResponderExcluir
  2. Às vezes a gente tem de ficar sem p aprender a dar valor quando acontecer.

    May

    ResponderExcluir