domingo, 13 de setembro de 2015

Nouvelle Vague

a superfície líquida do desejo
olhos fixos na imagem que também
fixa mas um par de dedos ágeis 
avisa smile piscadinha coração cuidado
cinco canções abertas armadilha
nenhuma perna recebe
quarenta toques por minuto
numa noite centena de pixels iluminam
o rosto trêmulo frio na barriga crise de abstinência
cada página recebe
dezessete segundos seguidos de atenção
registro congelado da calentura
somos só dois querendo um
banho café dança encontro isso
tudo começa (ou será que termina)
quando a janela fecha.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário