segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Ocaso íntimo

Quando chega a estação dos cheiros
é tempo de decifrar enigmas
às vezes um nariz não basta
às vezes é mais que suficiente
e das flores da noite
corto o talo e broto no vaso da sala
para contagiar a casa de respostas incontestáveis
pétalas caídas em manhãs seguintes.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário