quinta-feira, 14 de abril de 2016

Despedida (ou sistema anti-circular)

tem ar
e tem outra coisa
um vazio

que não faz eco
porque não tem voz
que entre

mas tem
também
mil gritos apertados
qual é mesmo a palavra

sufoco

não não
é mais esganado
se engana quem pensa que tem
não tem

não é presença
nem ausência
de som
só é

silêncio

expiro quando corro
sem voltar
escuto a caixa
no ouvido
não tem
pálpebras
nem cílios

inspiro

o que não é visto não existe
ou insiste
em ser lembrado
é isto
e aquilo
às vezes persiste mais

e sibila
acentuado
rouco
zumbido
e ressoa
até o infinito

mas às vezes nada.

um sistema anti-circular.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário