terça-feira, 19 de abril de 2016

Indobrável

saudade dos dedos enrugados
dos remendos possíveis
e da velhice longínqua

passou o tempo
das piscinas de plástico
abre um vão
e a enxurrada no quintal
olho o céu
parece que ele não vem
também não tem
nem uma nuvem.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário