domingo, 20 de março de 2016

Teu nome

"aonde anda a onda
a onda ainda
ainda a onda"
Bandeira

Todo nome tem seu demônio
seu arcanjo
um trono sem dono
Ninguém doma um nome
que sono
que sonho
nomear a onda que chega
um nome para cada onda
A história finita de cada
onda
espuma
homem

não há nome
que permaneça.


Ponho um nome para cada onda
que atravesso
que me atravessa

Depois ando
um pouco
e esqueço

e a onda esquece.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário