segunda-feira, 28 de março de 2016

ele

descansa os lábios
por um instante

pensa

a vida encerra peças
debaixo do taco

parece

não há quebra-cabeça
suficiente para dar conta
do espaço reservado

não desiste
quieto
até que encontra

cela estes lábios
por um instante.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário