quarta-feira, 9 de março de 2016

acabamento

"há o que acaba. por mais que se esperneie.
acaba, e lateja, mas acaba, porque acaba,
porque, mesmo que se esperneie, acaba e
não há o que fazer porque não depende de
nada que se possa ou se queira. acaba.
a coisa toda acaba, engula logo o bagaço."

Luana Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário