quinta-feira, 9 de abril de 2015

Prótesis sentimental / Prótese sentimental

Hasta ayer creía
que nunca me recuperaría
que la vida no más luciría
que sería siempre una abierta
herida
pero hoy tuve noticias tuyas
me contaron de tu nuevo adorno
pirata sin loro
tu diente de oro
me devolvió brillo propio
(Gracias)
No me imagino con un hombre
desnudo y con sombrilla
y de sonrisa amarilla.

***

Até ontem achava
que não recuperava
que a vida nunca mais se iluminava
que seria sempre mais uma ferida
aberta
mas hoje tive notícias tuas
me contaram do teu novo adorno
pirata sem louro
teu dente de ouro
me devolveu brilho próprio
(Obrigada)
Não me imagino com um homem
pelado e de livro no prelo
com um sorriso amarelo.


Ellen Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário